quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O que é comunicação?

Então, vamos pensar sobre o que conversamos na última aula? Leia o quadro, debata sobre: houve comunicação entre os interlocutores? Que elementos da comunicação podem ser visualizados na tira? Insira no espaço, outros pequenos textos que remetam ao estudo do processo de comunicação. Até mais.

56 comentários:

  1. Nao.pois a mensagem era de uma forma e os interlocutores.entenderam de outra

    ResponderExcluir
  2. Houve uma falta de comunicação entre os interlocutores por não entender a mensagem que o locutor quis passar a eles. O elemento da comunicação visto na cena é o emissor e o receptor.

    ResponderExcluir
  3. Realmente não houve comunicação, pois o interlocutor não conseguiu passar a mensagem para os demais. Essa tira teve como elementos o emissor, a mensagem, o canal, mas pelo fato de que a mensagem não atingiu os receptores não houve a comunicação.
    TEXTO
    Numa cesta de vime temos um cacho de uvas, uma maça verde,uma maça vermelha e uma pêra.

    ResponderExcluir
  4. Não foi estabelecido uma relação de comunicação entre os interlocutores, porque para que aja comunicação é necessário um mútuo entendimento entre as pessoas do discurso, que seriam o emissor ( que parece ser o chefe ou alguém de cargo superior ) e o emissor ( os funcionários ), e não foi isso que ocorreu.Além de receptor e emissor,pude perceber a existência do referente, que seria o assunto que envolve a mensagem : o corte de pulsos da conta telefônica, e a mensagem, que seria o assunto que foi transmitido pelos receptores :o corte dos pulsos (literalmente falando)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TEXTO :
      O sujeito entra num bar, senta-se à mesa e logo um garçom vem atendê-lo.
      - Boa noite, o que o senhor toma?
      - Eu tomo vitamina C pela manhã, o ônibus para ir ao serviço e uma aspirina quando tenho dor de cabeça.
      - Desculpe, mas acho que não fui bem claro. Eu quis dizer o que é que o senhor gostaria?
      - Ah! Tudo bem! Eu gostaria de ter uma Ferrari, de sair com a Cacau do BBB e mandar a minha sogra para o inferno.
      - Não é nada disso, meu senhor! – continuou o garçom, ainda calmo. – Eu só gostaria de saber o que o senhor deseja beber.
      - Ah! é isso? Bem… o que é que você tem?
      E o garçom:
      - Eu? Nada, não! Só tô um pouco chateado porque o meu Palmeiras perdeu ontem de novo!

      Excluir
    2. Rafaella não entendi essa parta:

      ... que seriam o emissor ( que parece ser o chefe ou alguém de cargo superior ) e o emissor ( os funcionários ), e não foi isso que ocorreu ...


      Não seria Emissor e Receptor ?

      Abraço!

      Excluir
    3. É isso mesmo Júnior, eu acabei cometendo o deslise de escrever errado, a segunda se trata de "receptor" mesmo, reli duas vezes antes de postar e não tinha visto isso ! Obrigada :)

      Excluir
    4. rsrs...

      imaginei que vc tinha se passado, acontece! =DD

      Excluir
  5. NÃO A COMUNICAÇÃO, pois não houve o entendimento da mensagem que o emissor tentou passar para os receptores, quanto aos elementos da comunicação podemos notar que são visualizados o emissor, o receptor, a mensagem e o canal de comunicação.

    ResponderExcluir
  6. ñ ouve comunicação por o emissor ñ esclarecer o que queria no certo com isso o recep tor deduziu o deveria fazer!

    * o patrao fala para o funcionário - ei rapaz...traga correndo meia xicara com café!

    com isso ele passou para um, para outro e pegar...

    * nofinal um outro funcionário chega e pergunta: o chefe ta correndo aonde ele pediu para trazer o vaso de café.

    Falta de comunicação!

    ResponderExcluir
  7. Não houve comunicação,por que o receptor não consegue interpretar o que o interlocutor estava querendo dizer a respeito do corte de gastos na conta telefônica.

    ResponderExcluir
  8. Não houve comunicação, haja vista que todos os funcionários entenderam de forma errado a instrução do seu superior. Caracterizando assim um ruído de comunicação. Dentro da charge podemos perceber os seguintes elementos da comunicação: O emissor, que seria o superior, que faz o pedido para os funcionários cortarem os pulsos telefônicos, os funcionários que entendem de forma errônea a instrução do chefe e o canal.

    TEXTO RUÍDOS NA COMUNICAÇÃO

    “Em certa ocasião, uma família britânica foi passar férias na Alemanha. No decorrer de um passeio, os membros dessa família repararam numa pequena casa de campo, que lhes pareceu boa para passarem as férias de verão. Conversaram com o proprietário, um pastor protestante, e pediram que lhes mostrasse a casa. A residência agradou muito aos visitantes ingleses, que combinaram ficar com ela para o próximo verão.
    Regressados à Inglaterra, discutiram muito sobre a planta da casa quando, de repente, a senhora lembrou-se de não ter visto o W.C. .Confirmando o senso prático dos ingleses, escreveram ao pastor para obter tal pormenor. A carta foi assim redigida:
    “Gentil Pastor: Sou membro da família que há pouco tempo o visitou, com o fim de alugar a sua propriedade no próximo verão mas, como esquecemos de um detalhe muito importante, agradeceria se nos informasse onde se encontra o W.C.”.

    O pastor alemão, não compreendendo o sentido da abreviatura W.C., e julgando tratar-se da capela da seita inglesa “White Chapel”, assim respondeu:
    “Gentil Senhora: Recebi sua carta e tenho o prazer de comunicar-lhe que o local a que se refere fica a doze quilômetros da casa. Isto é muito cômodo, sobretudo se se tem o hábito de ir lá freqüentemente. Nesse caso, é preferível levar comida para ficar lá o dia todo. Alguns vão a pé, outros de bicicleta. Há lugar para quatrocentas pessoas sentadas e cem em pé. O ar é condicionado, para evitar inconvenientes comuns nas aglomerações. Os assentos são de veludo (recomenda-se chegar cedo para arrumar lugar sentado). As crianças permanecem ao lado dos adultos; todos cantam em coro. À entrada é fornecida uma folha de papel a cada pessoa, mas se alguém chegar depois da distribuição pode usar a folha do vizinho ao lado. Tal folha deve ser restituída à saída, para ser usada durante todo o mês. Tudo que se recolhe é para as crianças pobres da região. Fotógrafos especiais tiram flagrantes para os jornais da cidade, de modo que todos possam ver seus semelhantes, no cumprimento de um dever tão humano.”
    C:\DIVDEP\Treinamentos\Internos\Atendimento\Atendimento ao Cliente\Apostila e Textos\Ruídos na Comunicação.doc
    Diretoria de Recursos Humanos
    Divisão de Desenvolvimento Psicofuncional
    Curso: ATENDIMENTO AO CLIENTE

    ResponderExcluir
  9. Não houve comunicação, pois, não houve entendimento.
    Os elementos que podem ser vistos nesse quadro são: emissor e receptor.
    .
    Joaozinho e o verbo nadar
    Na aula de Português a Professora pede para a classe conjugar um a um os verbos que ela desse, todos conjugaram e Joaozinho foi o ultimo. ai ela fala :
    Joaozinho conjugue o verbo nadar
    Ai o Joaozinho disse gritando:
    Eu nado
    Tu nadas
    Ele nada
    Aí a professora falou:
    Joaozinho mais baixo
    Ai ele continuando GRITANDO fala:
    Eu mergulho
    Tu Mergulhas
    Ele mergulha.

    http://www.piadas.com.br/piadas/joaozinho

    -Vislainny Nascimento.1ºsem.Contábeis.

    ResponderExcluir
  10. Nao existiu comunicação na tira pq alem do emissor nao ter passado o conteúdo adequado para os receptores, os receptores nao conseguiram absover a mensagem dita pelo emissor.
    O elemento de comunicação visto na tira e entre o emissor e o receptor.

    ResponderExcluir
  11. NÃO EXISTIU COMUNICAÇÃO, neste quadrinho porque não ouve compreensão por parte dos receptores que neste caso foram os funcionários que entenderam de forma errada o que seu chefe no caso o emissor da mensagem deu a seguinte ordem para os mesmos, cortar os pulsos da conta telefonica e não os dos seus braços,ouve um canal que neste caso foi a fala mas não chegou ao seu objetivo, por este motivo não ouve comunicação.

    Abaixo está um outro caso!!!


    Gustavo de Matos

    Caso 1

    Decisão não comunicada

    Uma grande indústria contratou um conceituado profissional de marketing e criou uma diretoria especial de relações com o mercado. A decisão partiu da iniciativa isolada de seu presidente, que não comunicou o fato nem mesmo aos diretores e gerentes. Os diretores tomaram conhecimento, através de conversa informal com a secretária da Presidência, pois estranharam a presença constante de pessoa desconhecida em reuniões com o presidente. Após um mês da contratação – e depois de algumas situações conflituosas com o profissional –, o presidente comunicou sua admissão em reunião de diretoria e determinou a divulgação da notícia por meio de circular a todos os funcionários. Dessa forma, ele acreditava que seria possível iniciar algumas mudanças na estratégia de mercado da empresa, evitando resistências ou divergências de idéias com diretores e gerentes. A reação imediata foi uma expressiva incidência de desavenças na fábrica, que acabou comprometendo o cumprimento de prazos com grandes clientes e gerando boatos sobre demissões.

    ATT

    Marcos Pinheiro

    ResponderExcluir
  12. Houve uma falha na comunicação, pois não houve um entendimento entre as pessoas presentes na tirinha. No caso, o superior (emissor) estava querendo dizer para cortar os gastos telefonicos, e não literalmente os pulsos dos funcionários(receptor).

    ResponderExcluir
  13. Não houve comunicação, pois o funcionário não conseguiu interpretar o que o chefe quis dizer em “ cortar pulsos “ ele tratava sobre os gastos de contas telefônicas.
    TEXTO
    No ponto de ônibus
    Andando na rua um rapaz ver uma grávida no ponto de ônibus e pensa será que é menino ou menina chega perto da senhora e pergunta:
    Rapaz : oi senhora o que está esperando ?
    Senhora : ônibus.

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde professora Cinthia!bem e como meus colegas de sala já comentaram sobre a tirinha acima,na verdade houve por parte do chefe o(emissor)passar com clareza o que realmente ele queria que seus funcionários(receptores)fizessem,por conta disso eles não conseguiram entender o que de fato seu chefe havia pedido.
    TEXTO:UMA MULHER ENTRA APRESSADA NA LOJA...
    ME VÊ UMA RATOEIRA... RÁPIDO,QUE EU PRECISO PEGAR O ÔNIBUS!
    MINHA SENHORA,DESSE TAMANHO NOS NÃO TEMOS...

    ResponderExcluir
  15. Não houve comunicação, pois os RECEPTORES não conseguiram decodificar a MENSAGEM que lhes foi passada através da FALA do EMISSOR.

    Texto:
    Um homem rico estava muito mal. Pediu papel e pena e escreveu assim:
    Deixo meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres.

    Morreu antes de fazer a pontuação. A quem deixava ele toda a fortuna? Eram quatro concorrentes.

    1) O sobrinho fez a seguinte pontuação:
    Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

    2) A irmã chegou em seguida. Pontuou assim o escrito:
    Deixo meus bens à minha irmã. Não ao meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

    3) O padeiro pediu cópia do original. Puxando a brasa para sua sardinha, interpretou:
    Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres.

    4) Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação:
    Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro? Nada! Dou aos pobres.

    Creio que o exemplo acima tenha a ver com a decodificação que será apresentada pelo meu grupo. Um texto sem pontuação, dá chances de ser interpretado de várias formas, dependendo do filtro do seu receptor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. muito interessante o texto,veja só o quanto um simples sinal pode fazer toda a diferça.

      Excluir
  16. Boa noite de sábado a todos,

    Assim como os comentários acima concordo plenamente com a opinião de todos, não ouve comunicação, pois não teve entendimento entre o emissor e o receptor.

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  17. Realmente houve uma falta de comunicação entre o emissor e o receptor.O receptor entendeu totalmente errado a mensagem do emissor, ocasionando uma sena inacreditavél.

    ResponderExcluir
  18. Não ouvi comunicação,a mensagem passada pelo emissor,foi entendida pelo receptor de uma forma diferente.
    Muita das vezes por falta de atenção.

    ResponderExcluir
  19. Houve falha na comunicação, pois não foi possível o entendimento entre o emissor (chefe) e o receptor (funcionário) que não entendeu que se tratava do corte nos gastos telefônico

    ResponderExcluir
  20. Não houve comunicação entre o receptor e o emissor, pois o emissor foi mal interpretado pelos receptores sendo assim o dialogo entre as duas partes deixou a desejar e a falta da comunicação trouxe consequência indesejável. E os elementos da comunicação nessa tira são emissor ( o chefe) e o receptor (os funcionários).

    ResponderExcluir
  21. EX:Um casal tomava café no dia das suas bodas de ouro. A mulher passou a manteiga na casca do pão e deu para o seu marido, ficando com o miolo.

    Pensou ela: – Sempre quis comer a melhor parte do pão, mas amo demais meu marido e, por 50 anos, sempre lhe dei o miolo. Mas hoje quis satisfazer o meu desejo. Acho justo que eu coma o miolo pelo menos uma vez na vida.”

    Para sua imediata surpresa o rosto do marido abriu-se num sorriso sem fim e ele lhe disse:
    - Muito obrigado por este presente, meu amor. Durante 50 anos, sempre quis comer a casca do pão, mas como você sempre gostou tanto dela, eu jamais ousei pedir !

    "...Três coisas mais importantes para melhorar a qualidade e a produtividade em uma em empresa são: em primeiro lugar a comunicação. Em segundo lugar a comunicação e em terceiro lugar a comunicação."
    http://blogdorangel.wordpress.com/2009/10/26/falta-de-comunicacao/

    ResponderExcluir
  22. Ouvi falta de comunicaçao sim, isso as vezes acontece pela variaçao linguistaca principlamente no nosso pais que tem uma lingua muito dificil marcada pelo regionalismo e por girias. O chefe usou uma giria que ninguem conhecia por isso que a mensagem nao foi recebida de forma adequada.

    ResponderExcluir
  23. Realmente não houve comunicação e nem entendimento,sendo maior dos receptores que do emissor(chefe).Pois em uma empresa,quando falamos de corte,certamente estamos falando de despesas(gastos).

    ResponderExcluir
  24. Boa noite, turma!

    Concordo com que já foi dito, no quadro a cima não houve comunicação, pois a mensagem que o interlocutor principal ou emissor disse não foi entendida pelos receptores, portanto o emissor não conseguiu atingir seu objetivo. Os elementos de comunicação presentes na tira são:
    Emissor: chefe
    Mensagem: a explicação do chefe
    Receptor: os funcionários
    Código: feita de forma oral, utilizando a língua portuguesa
    Contexto: explicação do chefe sobre o que ele quis dizer com “ cortar os pulsos”
    Canal: propagação da fala pelo ar

    ResponderExcluir
  25. Houve uma falta de comunicação, porque, para acontecer uma comunicação é necessário que haja um entendimento entre os dois lados.Os elementos da comunicação que se encontram no quadrinho são : Emissor e Receptor.

    ResponderExcluir
  26. Concordo plenamente com tudo o que já foi colocado anteriormente.
    No quadro acima houve um ruído na comunicação entre o interlocutor e os receptores. E podemos observar a gravidade dos problemas que as falhas na comunicação podem causar.

    ResponderExcluir
  27. Erro de comunicação.
    Olha a confusão que uma conclusão precipitada pode causar?
    Em um determinado país foi criado um programa de incentivo à natalidade, pois o número de habitantes estava caindo e a proporção de idosos crescia assustadoramente.
    Necessitando de mão-de-obra, o governo decretou uma lei que obrigava os casais a terem certo número de filhos. Previa também uma tolerância de cinco anos após o casamento, pois o casal deveria ter pelo menos um pimpolho. Aos casais que no fim do prazo não conseguissem ter um filho, o governo destacaria um agente auxiliar para que a criança fosse gerada.

    Neste cenário se deu o seguinte diálogo entre um casal:

    MULHER: Querido, completamos hoje 5 anos de casamento!
    MARIDO: É... Querida e, infelizmente não tivemos um filho sequer.
    MULHER: Será que eles vão mandar o tal agente?
    MARIDO: Não sei... Talvez mandem.
    MULHER: E se ele vier?
    MARIDO: Bem, eu não posso fazer nada.
    MULHER: E eu, menos ainda...
    MARIDO: Vou sair, já estou atrasado para o trabalho.

    Logo após a saída do MARIDO, bateram à porta: TOC, TOC, TOC!!!! A MULHER abriu e encontrou um HOMEM de boa aparência à espera. (Tratava-se de um fotógrafo que saiu para atender um chamado de uma família que queria fotografar sua criança recém-nascida, mas que por um engano, errara o endereço procurado.)

    E o seguinte diálogo se seguiu:

    HOMEM: Bom dia! Eu sou...
    MULHER: Ah, já sei! Pode entrar.
    HOMEM: Obrigado. Seu esposo está em casa?
    MULHER: Não. Ele foi trabalhar.
    HOMEM: Presumo que esteja a par da minha vinda aqui?!...
    MULHER: Sim, o meu marido também já está sabendo de tudo. E, eu concordo.
    HOMEM: Ótimo. Então vamos
    MULHER: Mas já? Tão rápido...
    HOMEM: Preciso ser breve, pois tenho ainda 16 casas para visitar, ainda hoje.
    MULHER: Minha nossa! O senhor aguenta?
    HOMEM: O segredo é que eu gosto do meu trabalho, me dá muito prazer!
    MULHER: Então vamos começar. Como faremos e onde você prefere?
    HOMEM: Permita-me sugerir: - Uma no quarto, duas no tapete, duas no sofá e, uma em pé ao lado da mesinha do telefone.
    MULHER: Serão necessárias tantas?
    HOMEM: Bem, talvez possamos acertar na mosca já na primeira tentativa.
    MULHER: O senhor já visitou alguma casa neste bairro?
    HOMEM: - Não, mas tenho comigo uma variedade de amostras do meu trabalho e... (mostrou algumas fotos de crianças).
    - Não são lindas??
    MULHER: Como são belos estes bebês! Foi o senhor mesmo quem fez?
    HOMEM: Sim. Veja esta aqui, por exemplo, foi conseguida na porta do supermercado.
    MULHER: Que horror! O senhor não acha muito público?
    HOMEM: Sim, mas a mãe queria muita publicidade.
    MULHER: Eu não teria coragem!!!
    HOMEM: Esta aqui foi em cima do ônibus.
    MULHER: Cacilda!!!
    HOMEM: Foi um dos serviços mais difíceis que já fiz.
    MULHER: Claro, eu imagino!
    HOMEM: Esta foi feita no inverno, em um parque de Diversões.
    MULHER: Credo! Como o senhor conseguiu? Não sentiu frio?
    HOMEM: Não foi fácil! Como se não bastasse a neve caindo, tinha uma multidão em volta.Quase não consegui acabar.
    MULHER: Ainda bem que sou discreta, e não quero ninguém nos olhando.
    HOMEM: Ótimo, eu também prefiro assim. Agora, se me der licença, eu preciso armar o tripé.
    MULHER: Tripé?!!!
    HOMEM: Sim madame, pois o negócio, além de pesado, depois de armado mede quase um metro.
    MULHER: desmaiou...

    ResponderExcluir
  28. Ex:A mãe estava almoçando quando o telefone tocou. Então, ela pede ao filho:

    -Joãozinho, por favor, dá conta das moscas no meu prato enquanto atendo ao telefone...

    Cabeça de moleque ou se não entende, faz o que lhe dá na telha... A mãe volta da sala, do corredor pôde ouvir Joãozinho:

    -Cinco, seis...

    A mãe vê a mosca pousada sobre a comida no prato e grita:

    -Joãozinho!!! Não tá vendo a mosca no meu prato? O que está fazendo???

    Ao que ele responde:

    - Ué, mãe... A senhora não pediu para contar as moscas no prato? Tô contando, né!!!

    ResponderExcluir
  29. Houve uma falha na comunicação neste caso.
    Os receptores(funcionários) decodificaram ou interpretaram de maneira errada o que o emissor falou(chefe).
    O chefe usou uma metáfora e os funcionários entenderam ao pé da letra. o que acabou criando esta cena cômica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo com o que Jadson falou.
      a comunicação passou bem longe neste caso.

      Excluir
  30. Olá.
    Não houve comunicação, visto que não aconteceu o entendimento e decodificação da mensagem por parte do emissor e do receptores. Na tira, os funcionários não entenderam a ordem do chefe ou superior que dizia para cortar os gastos telefonicos, não os pulsos vitais. Nesse caso, a mensagem não foi entendida e o emissor não conseguiu alcançar seu objetivo, ocasionando um ruído na comunicação.
    Os elementos da comunicação encontrados na tira são:
    Emissor (emite uma mensagem para um receptor ou destinatário): Chefe ou superior.
    Receptor (é quem recebe a mensagem): os funcionários.
    Mensagem (é o pensamento ou a ideia que o emissor pretende passar para o receptor): A ordem do chefe.
    Código (é o conjunto de signos convencionais e sua sintaxe utilizados na representação da mensagem): Língua Portuguesa na forma oral.
    Canal (designa o meio usado para transportar uma mensagem do emissor ao receptor): Propagação da fala pelo ar.
    Contexto (é a relação entre o texto e a situação em que ele ocorre dentro do texto): A ordem do chefe em cortar os gastos telefônicos.

    Até mais.
    Amanda de Oliveira - ADM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com alguns dos meus colegas no qual defendo a idéia que houve comunicação ,podem não houve entendimento descodificação por parte do emissor e do receptor.

      Emissor -emite uma mensagem para um receptor ou destinatário
      Receptor -é quem recebe a mensagem
      Mensagem -é o pensamento ou a ideia que o emissor pretende passar para o receptor
      Código -é o conjunto de signos convencionais e sua sintaxe utilizados na representação da mensagem
      Canal -designa o meio usado para transportar uma mensagem do emissor ao receptor
      Contexto -é a relação entre o texto e a situação em que ele ocorre dentro do texto

      Excluir
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  33. Olá. Estou escrevendo novamente em nome da nossa colega Ivanda Souza, que não conseguiu ter acesso ao blog com seu próprio endereço de email. Segue a postagem dela:

    "Concordo com meus colegas. A mensagem foi passada mas o receptor nao entendeu, por isso houve uma falha na comunicação." Ivanda Souza

    ResponderExcluir
  34. Não houve comunicação, os funcionários nao entenderam o que o patrão disse, porque apenas há comunicação quando se é entendido o que ta sendo transmitido.Sendo assim...houve uma falha na comunicaçao. Emissor e Recptor.

    ResponderExcluir
  35. o emissor não conseguiu passa a mensagem correta ao receptor, ocorreu uma falha de comunicação.

    ResponderExcluir
  36. É REALMENTE HOUVE UMA FALHA NA COMUNICAÇÃO ENTRE OS INTERLOCUTORIS. O PATRÃO DISSE UMA COISA E ELES ENTENDERAM OUTRA TOTALMENTE DIFERNTE, TALVEZ SE ELE FOSSE MAS CLARO NA INFORMAÇÃO DITA HAVERIA UM ENTENDIMENTO MAIOR.

    ResponderExcluir
  37. Ola não houve comunicação pois os receptores não entenderam a mensagem emitida pelo superior.

    ResponderExcluir
  38. Não houve cominicação na mensagem que o emisso(patrão),tantou transmitir para o receptor(empregado)percebe-se um ruido na forma que a mensagem foi exposta.

    ResponderExcluir
  39. Não houve, comunicação pois o interlocutor dificultou a compreenção da mensagem por parte dos receptores,causando uma falha na comunicação, levando os mesmos a cortarem seus pulsos.

    ResponderExcluir
  40. A mensagem do emissor não foi captada, devido a forma com que foi passada, a decodificação de maneira errônea pode causar falta de entendimento.

    ResponderExcluir
  41. o empregado não entendeu a mensagem que o patrão quis comunicar a ele, cortando assim o seu pulso. Numa comunicação não pode haver ambiguidade, pois esta dificulta a interpretação dos fatos. É preciso uma linguagem clara e objetiva para que a comunicação flua corretamente.

    ResponderExcluir
  42. Houve uma falha na comunicação, pois não houve um entendimento entre as pessoas presentes na tirinha. No caso, o superior (emissor) estava querendo dizer para cortar os gastos telefonicos, e não literalmente os pulsos dos funcionários(receptor).

    ResponderExcluir
  43. Concordo com os colegas, quando dizem que houve uma falha na comunicação, pois comunicar é tornar comum, podendo ser um ato de mão única, como TRANSMITIR (um emissor transmite uma informação a um receptor), ou de mão dupla, como COMPARTILHAR (emissores e receptores constroem o saber, a informação, e a transmitem). Quem comunica é a fonte e, do outro lado, está o receptor. O que se comunica é a mensagem.

    ResponderExcluir
  44. Muitos dos problemas existentes numa organização podem ser oriundos da falta de comunicação (má comunicação) ou das distorções nelas contidas. Com certeza, uma situação de risco para as empresas, é quando ocorrem as falhas de comunicação do seu pessoal.Portanto, uma comunicação eficaz pode proporcionar um resultado positivo para a organização.

    ResponderExcluir
  45. Que legal voltar a sala e ver uma grande participação da nova turma de Adm/Contábeis.

    Gostaria de parabenizar a todos, sejam bem vindos!

    Abraço!


    "Comunicação é mais que informação; informação subsidia, atualiza, nivela conhecimento. A comunicação sela pactos e educa"

    Emílio Odebrecht

    ResponderExcluir
  46. Não houve comunicação, pois só pode haver comunicação quando a entendimento.
    É imprescindível a clareza no ato da comunicação para que ela de fato ocorra.
    Segue aí um pequeno relato com ruído de comunicação.


    A loira estava tendo problemas com a impressora e ligou para a assistência técnica.

    — Oi, moço. A minha impressora pifou!

    — Ela é colorida ou preto e branco?

    — Hum… Nenhum dos dois, moço!

    — Nenhum dos dois? Como assim? — perguntou o técnico.

    — Ela é meio bege!

    ResponderExcluir